Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2010

A dinâmica da alimentação infantil

Já foram conduzidas várias experiências com crianças que estando doentes escolhiam os alimentos mais benéficos para o seu estado de saúde, deixando de lado os que não são saudáveis. Isto mostra-nos que a sabedoria interior da criança é facilmente guiada no caminho correcto se isso lhe for proporcionado. Infelizmente, muitas vezes insiste-se com as crianças para comerem alimentos que elas naturalmente rejeitam, mas é ‘preciso’ seguir os padrões instituídos. Isto acontece sobretudo com a carne e os lacticínios. A saúde das crianças

As crianças são muito sensíveis ao sofrimento dos animais e têm tendência a rejeitar a carne. Em geral, preferem peixe e pontualmente frango ou peru, assim como também não são adeptos de lacticínios em excesso. Muitas vezes isto é um factor de preocupação para os pais, mas se elas tiverem uma alimentação equilibrada terão todos os nutrientes para crescerem saudáveis. Precisamos de repensar seriamente os padrões alimentares perante factos que surgem diante dos …

INTESTINOS, FÍGADO E VESÍCULA

Para a Naturopatia, tanto a prevenção como o tratamento assentam sempre na base da desintoxicação e fortalecimento do sistema imunitário, capacitando o organismo para a defesa dos ataques orgânicos sistemáticos. No caso de já se encontrar instalada uma patologia, dão-se ferramentas para que seja o próprio corpo a combatê-la.
    Assim, a Naturopatia encara como base incontornável da manutenção e da recuperação da saúde, o bom funcionamento dos intestinos, do fígado e da vesícula.
    A importância atribuída aos intestinos é devido, principalmente, ao bom aproveitamento que a partir do fígado o corpo poderá ou não fazer dos alimentos que lhe são fornecidos; E a sua  capacidade de conseguir libertar-se diariamente dos resíduos que, de outra forma, irão contribuir para a putrefacção e intoxicação do organismo, causando assim, distúrbios como flatulências, dores abdominais e de cabeça. O fígado e a vesícula biliar possuem múltiplas funções que são fundamentais para um bom metab…

Doenças Sexualmente Transmissíveis

As patologias sexualmente transmissíveis, são muito contagiosas e passam de ser humano para ser humano por contacto físico com as zonas infectadas ou através da transferência de fluidos, tanto a nível oral, vaginal como anal.
Encontra-se em homens e mulheres de qualquer nível social ou económico, apesar de incidir mais em adolescentes e jovens por serem habitualmente mais promíscuos. Apesar de não ser aconselhável causar alarme social o certo é que hoje existe a convicção errada de que estas estão controladas o que tem feito aumentar notavelmente o numero de pessoas afectadas. De facto, figuram entre as infecções que mais têm aumentado em todo o mundo nos últimos 30 anos, especialmente os casos de sífilis e gonorreia.
Podem ser causadas por diversos microorganismos sendo em alguns casos os sintomas são muito evidentes, mas não assim noutros o que só dificulta a sua detecção e diagnóstico. Embora a classificação das chamadas doenças sexualmente transmissíveis, são frequentemente …