Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2013

10 Sinais de Sensibilidade Alimentar ao Glúten

Mais de 55 doenças já foram associadas ao glúten, a proteína presente no trigo, aveia e centeio. Estima-se que 99% das pessoas que têm sensibilidade alimentar ao gluten ou a doença celiaca nunca cheguem a ser diagnosticadas.

Se tiver um ou mais sintomas da lista abaixo mencionada, poderá indicar uma sensibilidade alimentar ao gluten:

1. Problemas Digestivos como flatulência (gases), inchaço abdmominal, diarreia/osbtipação. A obstipação é mais frequênte como sinal de sensibilidade ao glúten nas crianças.

2. Queratose Pilar (conhecida como "pele de galinha" na parte de trás dos braços). Geralmente é
devido à deficiência de ácidos gordos e de Vitamina A por má absorção da gordura causada pela ocorrência de danos intestinais gerados pelo glúten.

3. Fadiga, Confusão Mental ou Sensação de Cansaço após ingerir uma refeição que contenha glúten.

4. Diagnostico de Doença Auto-imune como Tiroidite de Hashimoto, Artrite Reumatoide, Colite Ulcerativa, Lupus, Espondilite Anquilosante, Ps…

DICAS PARA A SINUSITE

A Sinusite é uma inflamação dos seios nasais que ocorre numa grande parte da população.    Os seios nasais são espaços cheios de ar, revestidos por membranas mucosas. Normalmente, nos seios nasais saudáveis, o muco consegue ser drenado e o ar pode circular, mas quando as aberturas dos seios nasais bloqueiam ou há muito acúmulo de muco, as bactérias e outros germes crescem com mais facilidade.    As causas são diversas, desde problemas com os cílios dos seios nasais, que ajudam o muco a sair não funcionarem corretamente, constipações/gripes e alergias aumentam a produção de muco e bloqueiam a abertura dos seios, até um desvio de septo, um osteófito nasal ou pólipos nasais podem bloquear a abertura dos seios nasais.    A sinusite aguda geralmente é causada por uma infecção bacteriana nos seios nasais resultante de uma infecção do trato respiratório superior.      A sinusite crónica refere-se ao edema e inflamação a longo prazo dos seios nasais, que podem ser causados por bactérias ou fu…

Parto por Cesariana pode estar associado a uma maior incidência de Doença Celíaca em crianças

Flora Intestinal e a Quimioterapia

O nome “bactéria” desperta automaticamente em nós um sentimento de repulsa ou de alguma coisa causadora de doença. No entanto, dentro do nosso organismo habitam quantidades astronómicas de alguns destes micro-organismos, sem os quais não poderíamos viver. No cólon existem cerca de um milhão de milhões de bactérias por mililitro fazendo dele o habitat mais densamente povoado por bactérias do planeta! De facto, um corpo humano adulto é composto por cerca de 90% de  bactérias, ou seja, contém cerca de 10 vezes mais bactérias do que células humanas. As bactérias benéficas têm um papel fundamental no nosso sistema imunológico: protegem o organismo contra agressões externas, permitindo-nos sobreviver mesmo na presença de um número massivo de agentes patogénicos à nossa volta e em contacto connosco. Uma vez que a mucosa intestinal é a parte do corpo mais exposta a ataques externos, perto de 75% das células do sistema imunitário estão concentradas no trato digestivo. As bactérias presentes n…