Avançar para o conteúdo principal

Como Estragar a Saúde com Açucar

O consumo de açúcar é a causa de vários problemas de saúde. A seguir, uma lista de alguns problemas metabólicos causados pelo açúcar:

- O açúcar pode desactiva o sistema imunitário e inibe a defesa contra doenças infecciosas.

- O açúcar interfere no equilíbrio entre os sais minerais no organismo, provocando deficiência de cromo, cobre e interfere com a absorção de cálcio e magnésio.

- O açúcar provoca um aumento da adrenalina, ansiedade, dificuldade de concentração e irritabilidade em crianças.

- O açúcar provoca a perda de elasticidade e funcionalidade dos tecidos.

- O açúcar alimenta as células cancerígenas e está associado ao desenvolvimento de cancro da mama, ovário, próstata, pâncreas, tracto biliar, pulmão, vesícula e estômago.

- O açúcar provoca problemas do tracto gastrointestinal, como gastrite, indigestão, má absorção em pacientes com doença intestinal funcional, aumento do risco da doença de Crohn, colite ulcerativa.

- O açúcar provoca envelhecimento prematuro.

- O açúcar acidifica a saliva, estraga os dentes e provoca doença periodontal (das gengivas).

- O açúcar pode desencadear doenças autoimunes como artrite, asma, esclerose múltipla.

- O açúcar é um grande responsável pela infestação descontrolada de Candida Albicans (fungo).

- O açúcar pode provocar cálculos de vesícula.

- O açúcar contribui para a osteoporose.

- O açúcar pode interferir na absorção de proteínas.

- 30. O açúcar contribui para o eczema em crianças.

- O açúcar faz a pele envelhecer ao mudar a estrutura do colágeno.

- A ingestão elevada de açúcar pode prejudicar a homeostase fisiológica de vários sistemas do organismo.

- O açúcar reduz a capacidade de funcionamento das enzimas.

- A ingestão de açúcar é mais alta em portadores de mal de Parkinson.

- O açúcar pode aumentar o tamanho do fígado ao fazer as células do órgão se dividirem e aumentar o nível de gordura no fígado.

- O açúcar aumenta a retenção de fluidos no organismo.

- O açúcar pode provocar dores de cabeça e enxaquecas.

- O açúcar pode reduzir a capacidade de aprendizado, afectar negativamente as notas das crianças e provocar transtornos de aprendizagem.

- O açúcar pode provocar depressão.

- O açúcar pode aumentar o risco de gota.

- As dietas ricas em açúcar aumentarão os radicais livres e o stress oxidativo

- As dietas com muita sacarose em indivíduos com doença vascular periférica aumentam significativamente a adesão das plaquetas.

- O açúcar é uma substância que vicia, tem um efeito aditivo semelhante à cocaína.

- A redução da ingestão de açúcar aumenta a estabilidade emocional.

- O açúcar é transformado em quantidade 2 a 5 vezes maior de gordura na corrente sanguínea do que o amido.

- O açúcar reduz a capacidade de funcionar das glândulas adrenais.

- O açúcar tem potencial de provocar processos metabólicos anormais em indivíduos saudáveis normais e promover doenças crónicas degenerativas.

- Em centros de reabilitação juvenil, quando as crianças passaram para uma dieta com pouco açúcar houve uma queda de 44% do comportamento anti-social.

- O açúcar desidrata.

Referências Bibliográficas:

1. Sanchez, A., et al. “Role of Sugars in Human Neutrophilic Phagocytosis”, American Journal of Clinical Nutrition. nov 1973; 261:1180-1184. Bernstein, J., et al. “Depression of Lymphocyte Transformation Following Oral Glucose Ingestion”. American Journal of Clinical Nutrition. 1997; 30:613

2. Ringsdorf, W., Cheraskin, E. e Ramsay R. “Sucrose, Neutrophilic Phagocytosis and Resistance to Disease”, Dental Survey. 1976; 52(12):46-48.

3. Couzy, F., et al. “Nutritional Implications of the Interaction Minerals”, Progressive Food and Nutrition Science 17; 1933: 65-87

4. Kozlovsky, A., et al. “Effects of Diets High in Simple Sugars on Urinary Chromium Losses”. Metabolism. Junho de 1986; 35: 515-518..

5. Fields, M., et al. “Effect of Copper Deficiency on Metabolism and Mortality in Rats Fed Sucrose or Starch Diets”, Journal of Clinical Nutrition. 1983; 113: 1335-1345.

6. Lemann, J. “Evidence that Glucose Ingestion Inhibits Net Renal Tubular Reabsorption of Calcium and Magnesium”. Journal of Clinical Nutrition. 1976; 70: 236-245.

7. Goldman, J., et al. “Behavioral Effects of Sucrose on Preschool Children”. Journal of Abnormal Child Psychology.1986; 14(4): 565-577.

8. Jones, T. W., et al. “Enhanced Adrenomedullary Response and Increased Susceptibility to Neuroglygopenia: Mechanisms Underlying the Adverse Effect of Sugar Ingestion in Children”. Journal of Pediatrics. Fev. 1995; 126: 171-7.

9. Scanto, S. e Yudkin, J. “The Effect of Dietary Sucrose on Blood Lipids, Serum Insulin, Platelet Adhesiveness and Body Weight in Human Volunteers”, Postgraduate Medicine Journal. 1969; 45: 602-607.

10. Albrink, M. e Ullrich I. H. “Interaction of Dietary Sucrose and Fiber on Serum Lipids in Healthy Young Men Fed High Carbohydrate Diets”. American Journal of Clinical Nutrition. 1986; 43: 419-428. Pamplona, R., et al. “Mechanisms of Glycation in Atherogenesis”. Med Hypotheses. Março de 1993; 40(3): 174-81.

11. Reiser, S. “Effects of Dietary Sugars on Metabolic Risk Factors Associated with Heart Disease”. Nutritional Health. 1985; 203-216.

12. Lewis, G. F. e Steiner, G.. “Acute Effects of Insulin in the Control of VLDL Production in Humans. Implications for the Insulin-resistant State”. Diabetes Care. Abril de 1996; 19(4): 390-3. R. Pamplona, M. .J., et al. “Mechanisms of Glycation in Atherogenesis”. Medical Hypotheses. 1990; 40: 174-181.

13. Cerami, A., Vlassara, H., e Brownlee, M. “Glucose and Aging”. Scientific American. Maio de 1987: 90. Lee, A. T. e Cerami, A. “The Role of Glycation in Aging”. Annals of the New York Academy of Science; 663: 63-67.

14. Takahashi, E., Tohoku University School of Medicine, Wholistic Health Digest. Outubro de 1982: 41: 00

15. Quillin, Patrick, “Cancer’s Sweet Tooth”, Nutrition Science News. Ap 2000 Rothkopf, M.. Nutrition. julho/agosto de 1990; 6(4).

16. Michaud, D. “Dietary Sugar, Glycemic Load, and Pancreatic Cancer Risk in a Prospective Study”. J Natl Cancer Inst. 4 de setembro de 2002; 94(17): 1293-300.

17. Moerman, C. J., et al. “Dietary Sugar Intake in the Etiology of Biliary Tract Cancer”. International Journal of Epidemiology. Ap 1993. 2(2): 207-214.

18. The Edell Health Letter. Setembro de 1991; 7:1. De Stefani, E. “Dietary Sugar and Lung Cancer: a Case control Study in Uruguay”. Nutrition and Cancer. 1998; 31(2): 132-7.


Contribuição de Nancy Appleton, Ph.D. Autora do livro Lick The Sugar Habit www.nancyappleton.com

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bolo de Cenoura [sem açúcar e sem glúten]

Andava com vontade de comer um bolo de nozes, mas não encontrava nenhuma receita que me desse água na boca, então fui para a cozinha fazer experiências com base numa diversidade imensa de receitas que fui vendo...adaptei, adaptei...e adaptei e saiu tudo menos um bolo de nozes (rsrsrsss)...mas ficou delicioso na mesma (vá lá...uffa!!)
Ora aqui vai a receita para quem quiser aventurar-se:
Vais precisar de:
- 2 chávenas de farinha de trigo sarraceno - 3 colheres de chá de fermento - 5 colheres de chá de canela em pó - 5 cenouras raladas - 1/2 chávena de coco ralado - 1/2 chávena de nozes raladas - 300g de tâmaras trituradas - 1/2 chávena de bebida vegetal (usei de arroz e soja do aldi) - 2 colheres café de baunilha

Pré-aquece o forno a 180ºC

Mistura todos os secos/sólidos e depois vai adicionando o liquido.
Bate tudo muito bem e leva ao forno cerca de 50minutos (depende de cada forno).

Eu costumo usar formas de silicone para não ter de adicionar gordura, fica a dica.

Bom apetite!!


Questionas-te se a Vitamina D é prejudicial sem a vitamina K?

Nos últimos tempos muito se tem falado sobre o possível prejuízo que a ingestão de vitamina D pode ter na ausência da vitamina K, mas as alegações científicas ainda não são muito consistentes. Como as pessoas que recorrem à minha consulta de naturopatia sabem, eu não sou muito apologista da suplementação nutricional. Existem casos em que ela é realmente necessária, existem outros casos em que recorrer a suplementação nutricional numa fase inicial pode ajudar o paciente a recuperar mais rápido, mas na maioria dos casos, recorrendo aos alimentos, ou seja, aos nossos suplementos “in vivo” é mais do que suficiente para se obter bons resultados terapêuticos. Dito isto, já podem antever que a minha opinião acerca do consumo de vitamina K sob a forma de suplemento não é muito abonatória, mas lá está...cada caso é um caso e há que se analisar individualmente a condição clinica da pessoa que procura ajuda.
Como todos sabemos, as vitaminas D e K são vitaminas lipossolúveis, ou seja, solúveis e…

As tâmaras e o trabalho de parto

Desde os tempos bíblicos, as tâmaras eram consideradas possuidoras de propriedades curativas profundas, mas só agora a ciência vem confirmar o que os nossos antepassados já sabiam.
Um estudo publicado no Journal of Obstetrics and Gynecology em 2011 e intitulado "O efeito do consumo das tâmaras no final da gravidez[i]", apresentou a investigação do efeito do consumo das tâmaras nos parâmetros do trabalho de parto e nos seus resultados. Ao longo de 11 meses na Jordan University of Science and Technology, dois grupos de mulheres foram incluídas num estudo prospectivo onde 69 mulheres consumiram seis tâmaras por dia durante 4 semanas antes da data prevista para o parto, contra 45 mulheres que não consumiram nenhuma. Estas mulheres tinham parâmetros semelhantes por isso não houve diferença significativa na idade gestacional, idade e paridade (o número de vezes que a mulher engravidou) entre os dois grupos.
Os resultados do estudo foram os seguintes:
• Melhoria da dilatação cervical: