Avançar para o conteúdo principal

Como reverter o envelhecimento da pele?

O envelhecimento da pele é objecto de campanhas milionárias mas o que realmente funciona?

Neste artigo vou-te falar dos efeitos benéficos de duas plantas com base em evidências científicas que são consideradas seguras e eficazes na regeneração da pele.

Extracto de Pinheiro Bravo (Pinus pinaster): O nosso corpo produz radicais livres derivados dos processos metabólicos endógenos (dentro do corpo) ou a partir de fontes exógenas. Entre os produtos antioxidantes, o picnogenol tem recebido atenção devido à sua forte actividade na eliminação dos radicais livres. O extrato de casca do Pinus pinaster contém compostos polifenólicos (taxifolina, procianidinas de vários comprimentos de cadeia formados por unidades de catequina e epicatequina e ácidos fenólicos), capazes de produzir diversos efeitos protectores contra doenças crónicas e degenerativas. Este extracto tem demonstrado benefícios cardiovasculares, tais como a actividade vaso-relaxante e a capacidade de melhorar a microcirculação, aumentando a permeabilidade capilar. Além disso, foram relatados efeitos sobre o sistema imunitário.
Um estudo de 2012, que envolveu 112 mulheres constatou que o picnogenol, presente no extracto da casca do pinheiro, é seguro e eficaz melhorando significativamente a cor da pele e reduzindo a pigmentação das manchas da idade.(1)
Neste estudo, as mulheres foram divididas em dois grupos de forma aleatória durante 12 semanas. Num grupo foi-lhes dado 100mg de extrato de casca de pinheiro por dia e no outro grupo foi dado uma dose de 40mg por dia.
Os pesquisadores constataram uma diminuição significativa na classificação clínica do estado da pele em relação ao foto envelhecimento em ambos os grupos.

Gel de Aloé Vera (Aloe vera): A Aloe vera é uma planta perene e suculenta. O gel espesso e claro encontrado na parte interior da folha é muito utilizado em pequenos cortes e queimaduras.
A planta em si tem sido usada há milhares de anos para tratar uma variedade de condições, como queimaduras, feridas, irritações da pele e obstipação. A Aloe vera já foi um dos medicamentos mais prescritos nos séculos 18 e 19 e continua a ser uma das plantas mais comummente utilizadas pela população.
Um estudo de 2009 com 30 indivíduos saudáveis do sexo feminino com idades superiores a 45 anos, receberam 2 doses orais diferentes (dose baixa: 1.200mg/dia e dose elevada: 3.600mg/dia) de suplementação com gel de aloé vera durante 90 dias.
Os resultados obtidos foram notáveis. Os pesquisadores mediram os sinais clínicos e alterações bioquímicas do envelhecimento da pele antes e após a suplementação e observaram que após a ingestão do gel de aloé, as rugas faciais melhoraram significativamente em ambos os grupos e a elasticidade facial obteve mais melhorias no grupo de baixa dosagem. Concluíram assim, que o gel de Aloé melhora significativamente as rugas e elasticidade da pele.(2)

A qualidade da pele reflete o nosso interior!

Não existe nenhum suplemento que reverta os efeitos da idade, no entanto, o objectivo do artigo é apresentar intervenções simples, como uma colher de chá de aloé vera por dia, de forma a apoiar os processos regenerativos a partir do interior do nosso corpo.



1 - Minao Furumura, Noriko Sato, Nobutaka Kusaba, Kinya Takagaki, Juichiro Nakayama. Oral administration of French maritime pine bark extract (Flavangenol(®)) improves clinical symptoms in photoaged facial skin. Clin Interv Aging. 2012 ;7:275-86. Epub 2012 Jul 27. PMID: 22956863
2 - Soyun Cho, Serah Lee, Min-Jung Lee, Dong Hun Lee, Chong-Hyun Won, Sang Min Kim, Jin Ho Chung. Dietary Aloe Vera Supplementation Improves Facial Wrinkles and Elasticity and It Increases the Type I Procollagen Gene Expression in Human Skin in vivo. Ann Dermatol. 2009 Feb;21(1):6-11. Epub 2009 Feb 28. PMID: 20548848 

3- www.greenmedinfo.com/blog/3-evidence-based-ways-reverse-skin-aging-naturally

Comentários

Mensagens populares deste blogue

As tâmaras e o trabalho de parto

Desde os tempos bíblicos, as tâmaras eram consideradas possuidoras de propriedades curativas profundas, mas só agora a ciência vem confirmar o que os nossos antepassados já sabiam.
Um estudo publicado no Journal of Obstetrics and Gynecology em 2011 e intitulado "O efeito do consumo das tâmaras no final da gravidez[i]", apresentou a investigação do efeito do consumo das tâmaras nos parâmetros do trabalho de parto e nos seus resultados. Ao longo de 11 meses na Jordan University of Science and Technology, dois grupos de mulheres foram incluídas num estudo prospectivo onde 69 mulheres consumiram seis tâmaras por dia durante 4 semanas antes da data prevista para o parto, contra 45 mulheres que não consumiram nenhuma. Estas mulheres tinham parâmetros semelhantes por isso não houve diferença significativa na idade gestacional, idade e paridade (o número de vezes que a mulher engravidou) entre os dois grupos.
Os resultados do estudo foram os seguintes:
• Melhoria da dilatação cervical:

Fibromialgia vs dieta vegetariana

São muitas as mulheres que sofrem de fibromialgia, uma condição caracterizada por meses de dor generalizada, fadiga, distúrbios do sono, depressão, ansiedade, pensamentos confusos, dores de cabeça, dor lombar entre outros sintomas. Esta condição tem um enorme impacto sobre a qualidade de vida de quem dela sofre pois impede a realização das actividades do quotidiano com a mesma leveza de quem não padece de fibromialgia. Para já a sua causa é desconhecida, não havendo de momento nenhum tratamento 100% eficaz mas existem rotinas, hábitos e comportamentos que podem ser adoptados de forma a minimizar os sintomas que tanto debilitam estas mulheres (e alguns homens).
De acordo com uma das últimas revisões sobre fibromialgia e nutrição, a dieta vegetariana pode oferecer alguns efeitos benéficos na manutenção dos sintomas. [Rheumatol Int. 2010] Em 1991, uma pesquisa foi enviada a centenas de pessoas que sofriam de várias condições de dor crónica, incluindo fibromialgia. Nesse questionário pro…

Receita: Pudim de Pêra com Canela

Quando o meu filho era mais pequeno e estava a atravessar aquela fase em que simplesmente se alimentam do ar (a anorexia dos 2 anos), eu fazia-lhe esta espécie de pudim com sementes de chia que ele comia e lambia os dedos...ou seja, um êxito! Escusado será dizer que é delicioso tanto para os pequenos como para os grandes...ahhh e nutritivo!!
- A tâmara é rica em proteínas, minerais e vitaminas principalmente a vitamina C. A grande vantagem é que além de ser uma verdadeira doçura, ela é rica em fibras, potássio, cálcio e ferro sendo excelente tanto para crianças como adultos.

- As pêras são ricas em fibras, vitamina A e C com importantes ações antioxidantes.
Também é uma excelente fonte de minerais como o fósforo, cálcio e ainda contém algum ferro.

- A canela auxilia no tratamento de diversas doenças. A canela estimula a salivação e os sucos gástricos, facilitando a digestão como tal, ajuda em casos de aerofagia, digestões difíceis a acidez estomacal.


Ingredientes

- 7 colheres de sopa de …